Veja o uniforme correto para os veterinários

Veja o uniforme correto para os veterinários

Fevereiro 4, 2019 0 Por JuniorDuarte

Um setor que cresce bastante em todo o mundo é o de Veterinária.

O número de pessoas que convivem com animais de estimação é cada vez maior, a ponto de algumas cidades já terem uma população de pets maior do que de humanos.

Isso dá a dimensão da responsabilidade que se coloca sobre os veterinários, mas também mostra as oportunidades para quem gosta de cuidar e salvar vidas.

É uma bela carreira, cheia de satisfação pessoal no contato com seres tão especiais e propiciar saúde e alegrias para eles e para seus pais. E é neste ponto que reside a maior das responsabilidades: são tidos como filhos e por isso precisam de uma atenção nível pediátrica.

Muitos cuidados devem ser tomados por quem investe na carreira veterinária para alcançar o sucesso e com segurança. Afinal, são vidas.

Carreira veterinária não é só cães e gatos

Quando falamos em veterinária, logo vem à mente os cuidados com nossos animais de estimação – cães, gatos, pássaros. Mas a Veterinária abrange muito mais e atua em segmentos mais variados para trabalhar:

  • Como médico representante de indústria de produtos para animais;
  • Veterinário em clínicas e hospitais especializados;
  • Veterinários em empresas pecuárias e de produtos de origem animal.

Ou seja, em um país continental como o nosso, o mercado é muito maior e o sucesso pode vir até mesmo de diferentes fontes ao mesmo tempo – criando uma clínica em uma cidade do interior com grande movimentação de rebanhos, por exemplo.

Veterinária: exercite a capacidade de comunicação

Isso é essencial em toda carreira médica, já que lidamos com vidas, expectativas, angústias de pacientes e familiares.

É importante exercitar a empatia – nenhum problema é pequeno – e ter o cuidado de um pediatra para dar as respostas, estabelecer limites e metas no tratamento e, acima de tudo, ser realista com as chances – sem ser frio ou crítico sobre o que foi feito de errado até que o pet chegasse a um tratamento.

Veterinária: qualifique-se constantemente

Todo médico aprende um pouco todos os dias – e muitas vezes no meio de um salvamento ele vai exercitar o que acabou de aprender.

É importante estar sempre conhecendo novas medicações e tratamentos para que os clientes confiem na sua capacidade – imagine eles saberem de algo que você não sabe?

Aqui também podemos falar de investir em tecnologia: consultórios e equipamentos modernos e em ótimo estado não deixam você na mão num momento crítico e transmitem a ideia de cuidado com a profissão.

Veterinária: aprenda a vender

Sim. Vender. Médicos têm a tendência de achar que se vender é explorar a saúde.

Mas o pensamento dos clientes é o contrário: eles querem alguém que investe para salvar e não apenas alguém que quer salvar. Então é justo que você precifique seus serviços da forma justa.

As pessoas desconfiam de quem cobra baixo demais. Podem fugir de quem cobra alto demais. O desafio é encontrar o ponto de equilíbrio.

Veterinária: apresentar-se adequadamente

Ninguém espera chegar em um hospital e encontrar um médico atendendo vestido de camisa social e calça.

O jaleco, além de obrigatório, é a sua identidade visual, traduzindo a sua personalidade para os clientes. Um jaleco de boa qualidade, sempre limpo e conservado é o primeiro cartão de visitas para o seu trabalho.

Os jalecos brancos ainda são a maioria no mercado, mas uma tendência crescente é optar por cores em tons claros – verde, azul, amarelo, rosa – para atender em especialidades onde provoquem um conforto visual maior – na Pediatria, na Geriatria e também na Veterinária.

Afinal, são pessoas com filhos humanos também, angustiados com as dores do irmãozinho. Os jalecos com cores podem amenizar o clima hospitalar para elas. Jalecos com estampas animais também são bem vindos.

Você também pode optar por um jaleco leve, branco ou de cor, com um avental estilizado por cima, um conjunto bastante jovial e visualmente confortável.

Nos atendimentos em indústrias e fazendas, o ideal ainda é o jaleco branco tradicional, mas sempre com peças reservas para estar o menor tempo possível com um jaleco sujo.